Lidar com contas atrasadas e dívidas tem feito parte do cotidiano de uma porção de brasileiros. Em 2022, segundo pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o endividamento das famílias bateu recorde, com índice de 77,9%. A alta é de sete pontos percentuais em relação a 2021, e a série histórica do estudo começou em 2011. O que fazer para sair dessa estatística?  

A educação financeira representa um dos principais caminhos. Entender como funcionam as suas finanças e como gerenciá-las é fundamental ao quitar dívidas. Se você tem contas atrasadas, um bom início é entender o seu orçamento e como a negociação funciona. 

O Blog BB separou dicas para controlar as despesas, livrar-se das dívidas e desenvolver uma vida financeira sem complicação. Bora saber mais? 🧐 

A primeira coisa a saber durante esta negociação é fazer um levantamento de todas as contas, incluindo quanto precisa pagar e para quem está devendo.

Coloque toda a sua vida financeira por escrito, seja no papel, seja no computador ou celular. Depois faça uma lista, tabela ou outra forma à qual você se adapte melhor e identifique as informações relevantes para fazer o raio X das finanças.  

O importante é registar tudo e ter conhecimento real das contas. Assim, além de saber como as dívidas estão sendo formadas, você terá melhores condições de embasar a negociação com o credor. 

Veja algumas ações que podem ser feitas: 

• Faça um levantamento e registre todas as despesas fixas e variáveis no seu controle. Existem ferramentas digitais que ajudam a organizar as contas. Por meio do Minhas Finanças, no App BB, por exemplo, é possível ver o que entra e sai do seu orçamento mensalmente. Você pode personalizar as movimentações da conta bancária e os lançamentos do cartão de crédito em grupos de consumo, otimizando a visualização de cada gasto. 

Anote quanto deve em cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, cheque especial, carnês e boletos. 

• Ao lado de cada dívida, coloque os prazos de pagamento e o valor dos juros para comparação e análise de prioridade no pagamento.  

• Feito esse levantamento, avalie quais despesas podem ser cortadas ou substituídas por opções de menor valor, como é o caso de assinaturas de serviços e telefonia, por exemplo. 

• Se o tempo permitir, busque novas formas para gerar renda extra e complementar o seu orçamento. Essa estratégia pode acelerar a quitação das dívidas. 

• No caso de despesas que não podem ser eliminadas, quando possível, procure usar benefícios de pontos e cashback a seu favor. 

Como negociar a sua dívida 

Agora que você já sabe detalhadamente como a sua vida financeira funciona, é preciso pensar na estratégia e nos argumentos que serão usados na hora de negociar as dívidas.  

Mas antes de tomar qualquer decisão, separe todos os documentos que comprovem a sua capacidade de pagamento e elabore uma listinha com perguntas a serem feitas durante a negociação. 

Quer exemplos? Aqui vão algumas dicas: 

– Quanto de desconto vou ganhar sobre a dívida total? 

– Ganho mais desconto se pagar à vista? 

– Quais são os juros se parcelar? 

– Vou receber carta de quitação ao finalizar o pagamento? 

– A depender da negociação, ficarei com alguma restrição cadastral? 

– Em quanto tempo terei minha situação regularizada após o pagamento? 

Claro que essas são apenas algumas perguntas possíveis. Cada caso tem um cenário diferente. O importante é sanar todas as dúvidas e não agir de forma impulsiva. Como você não precisa fechar o negócio de uma vez, leve a proposta para casa, reflita e compartilhe suas ideias com outras pessoas. 

Se um dos credores for o Banco do Brasil, veja aqui as opções para fazer a renegociação sem sair de casa. 

O que é o Desenrola? 

O Desenrola é um Programa do Governo Federal que incentiva a regularização de dívidas, promove a retomada do acesso ao crédito e contribui para a geração de emprego e renda. Instituído pela MP 1.176, de 5 de junho de 2023, o Programa de Renegociação prevê a regularização de dívidas bancárias e não bancárias de Pessoas Físicas, vencidas e negativadas nos órgãos de proteção ao crédito. 

De acordo com as regras do Desenrola, o Programa seguirá algumas etapas. Para saber mais detalhes, consulte o site oficial do Governo

Entenda o Desenrola no BB 

Além de aderir à proposta do Desenrola, o Banco do Brasil disponibilizou condições negociais favoráveis para atender a todos os clientes inadimplentes, inclusive Pessoas Jurídicas. As taxas e os descontos são diferenciados, seguindo o perfil de cada cliente e operação contratada.  

Alguns públicos específicos têm a possibilidade de obter até 96% de desconto e prazo de até 120 meses ao renegociar as dívidas. Também são oferecidas condições especiais no Financiamento Imobiliário, com aplicação de desconto e entrada conforme a capacidade de pagamento dos clientes. 

Saiba quais são as condições disponíveis nos canais de atendimento do BB e atente-se aos golpes

Onde renegociar dívidas no BB? 

A renegociação de dívidas relacionadas às operações feitas com o BB estão disponíveis nos seguintes canais: 

App BB

WhatsApp – envie #renegocie ao número 61 4004-0001  

• Internet banking (bb.com.br/renegocie ou bb.com.br/renegociepj)

• Central de Relacionamento – 4004-0001 (capitais) ou 0800-729-0001 (demais regiões)

• Agência de Relacionamento

Gostou deste conteúdo? Fique ligado no Blog BB para mais dicas de educação e organização financeira. Compartilhe também esta matéria com os seus amigos! 

Leia também

Financiamento: entenda como funciona o sistema de juros 

Como conseguir empréstimo: 8 dicas para colocar em prática 

Educação financeira: conheça cursos gratuitos 

Comentários:

Seu e-mail não vai aparecer no comentário.

Carregando Comentários...