O que significa chegar ao topo para você? Cada mulher responderá a essa pergunta de uma forma diferente. Para algumas, pode ser encontrar o equilíbrio entre vida pessoal e profissional ou realizar metas pessoais importantes. Para outras, será mais importante conquistar o sucesso profissional em suas carreiras, alcançar posições de liderança em suas áreas de atuação ou conseguir empreender de forma sustentável.

Independentemente do significado pessoal, o topo acaba sendo um lugar que demonstra a realização de cada mulher e, ao mesmo tempo, representa a todas, porque, quando uma mulher chega ao ponto mais alto, ela acaba levando muitas outras junto.

Por isso, em celebração do Dia Internacional da Mulher, o Banco do Brasil lança a campanha Mulheres no Topo. Essa iniciativa destaca a força do empreendedorismo feminino brasileiro contando histórias inspiradoras de mulheres que superaram barreiras e se tornaram grandes empreendedoras.

Conheça a ação Mulheres no Topo 

A campanha é a evolução de um movimento criado pelo Banco do Brasil em 2022, chamado BB Pra Elas, que buscava apoiar as mulheres e o empreendedorismo feminino por meio de soluções financeiras e conteúdo de educação empreendedora, saúde e bem-estar.

Neste ano, o BB consolida a ação com a criação de um hub no qual mulheres empreendedoras podem encontrar apoio nos mais diversos aspectos das suas necessidades por meio de conteúdos, produtos, serviços e ferramentas para que elas continuem empreendendo e ampliando os negócios. Tudo isso em um só lugar.

Mulheres que inspiram, histórias que emocionam

Para reforçar a divulgação da plataforma e fazer com que mais mulheres tenham acesso aos benefícios, o Banco do Brasil trouxe as histórias de quatro mulheres empreendedoras que chegaram no topo desejado.

Uma delas é a Mazé Lima, fundadora e dona da Mazé Doces, que enfrentou muitas dificuldades até se tornar uma empreendedora de sucesso. “Eu me sinto no topo quando faço o que amo. Todas nós temos o poder de transformar as nossas vidas”, celebra.

A história da Mazé Doces começa em 1999. Depois de ser demitida de um emprego ao voltar da licença-maternidade do seu segundo filho, Mazé procurou por outra oportunidade durante um ano, mas encontrou as portas fechadas. Foi aí que ela decidiu fazer e vender doces. “Eu não podia desistir. Eu tinha dois filhos para sustentar e um sonho para realizar. Fiz um juramento, já que ninguém ia me dar um emprego na minha cidade, eu criaria o meu e geraria muitos outros.”

Hoje, depois de 24 anos e de muitos desafios ao longo do caminho, a Mazé Doces tem 26 pessoas no quadro de funcionários, sendo que 92% são mulheres. “Faz parte da nossa missão transformar a vida das pessoas que chegam aqui.”

Como em outras áreas da vida, empreender vem com desafios. Mas, para Mazé, o conforto vem justamente do seu trabalho. “Eu já fali, tive uma separação litigiosa complexa, momentos difíceis e pensava em como poderia vencer. A única coisa que me conforta é o meu trabalho, fazer o que amo. Quando tenho momentos de decepção ou dor, sempre vou para a produção porque é lá que eu me encontro. Lá eu consigo acalmar o meu coração.” 

Toda essa paixão só é possível porque, além de cuidar do próprio negócio com amor, Mazé prioriza o cuidado com si mesma. “Entre todas as coisas que as mulheres têm que fazer, cuidar da gente, da nossa mente, alma, espírito, corpo e alimentação deve ser prioridade. Quando estamos bem, não existe desafio que nos pare.”

E isso tudo gera reconhecimento. Mazé lembra como foi ser chamada para fazer parte da campanha do BB. “Eu me preparei a vida inteira para isso. Quando eu fui convidada, quase não acreditei. Não me cabia de emoção. Toda mulher deveria estar no topo.”

E, para você que está começando a empreender agora e quer chegar no topo, a Mazé tem um conselho: “acredite em você e nos seus sonhos. Siga firme, mas não tenha pressa. Com trabalho duro, nós conseguimos realizar os nossos sonhos. É importante esperar o tempo de cada coisa, mas nunca ficar parada”.

Banner com fundo rosa com foto da Mazé, Zica, Ana e Lívia no canto direito. Do lado esquerdo título:

Mulheres no topo

A gente sonha junto, pra você chegar aonde quiser. 

Botão: Saiba mais

Como a plataforma ajuda a empoderar mulheres? 

Dentro da plataforma Mulheres no Topo, você encontra tudo o que precisa para chegar aonde quiser. O BB tem soluções exclusivas como o Giro Mulher Empreendedora, que oferece capital de giro a empresas dirigidas por mulheres e tem prazo e carência diferenciados. Já o FCO Mulher Empreendedora disponibiliza o financiamento de até 100% no valor dos itens para negócios gerenciados por mulheres, com condições especiais e muito mais.

Lá há explicações e tutoriais sobre o Painel PJ. Essa ferramenta ajuda a impulsionar e gerir o seu negócio, e, você consegue ter uma visão ampla do fluxo de caixa, das vendas, dos pagamentos e saldos. Além disso, é possível acessar informações detalhadas que auxiliam na conferência das suas vendas com cartões.

A plataforma também conta com um acesso direto para a editoria Mulheres Empreendedoras da Liga PJ, que oferece dicas e oportunidades a quem deseja ter o próprio negócio ou já iniciou e quer expandi-lo.

E, se você já é cliente BB, pode escolher entre alguns presentes do Banco do Brasil: um mês de acesso gratuito à Eduk, uma plataforma de ensino online que conta com mais de 1 mil cursos profissionalizantes, acesso ao curso de inglês Self-Study da English Live, entre outras opções. Clique aqui e acesse o formulário de escolha.

Para Mazé, contar com o Banco do Brasil no começo da sua jornada no empreendedorismo foi essencial. “O BB sempre esteve apoiando a gente, em tudo o que a gente precisa. Eu fiz vários treinamentos que me ajudaram a me capacitar para gerir o meu negócio, e isso foi muito importante.”

Todo esse apoio se traduz em números. Somente no ano passado, o BB disponibilizou R$ 34 bilhões em créditos para empresas dirigidas por mulheres. Além disso, as linhas Giro Mulher Empreendedora e FCO Mulher Empreendedora ofereceram R$ 245 milhões em crédito. O resultado? Mais de 111 mil negócios administrados por mulheres tiveram acesso a crédito em 2023.

Banner com fundo azul. Mulher de braço cruzado do lado direito. No centro QRCode. Do lado esquerdo título:

Conheça o benefício BB empresas

O programa no qual a sua empresa acumula pontos que viram benefícios. 

Botão: Quero saber mais

Conheça mais mulheres inspiradoras 

A campanha Mulheres no Topo conta a história de mulheres que são o verdadeiro exemplo de superação, persistência, sororidade e empoderamento. Saiba um pouco mais sobre elas a seguir.

Ana Fontes: de uma família grande, Ana Fontes cresceu com grande consciência de comunidade e o aprendizado de que, para sobreviver, precisava ser em conjunto. No mercado de trabalho, enfrentou preconceitos de gênero e, dessa decepção, tirou a motivação para o empreendedorismo, criando a Rede Mulher Empreendedora. Lá ela estende a mão às mulheres com a intenção de inspirar, instruir e ensiná-las a empreender.

Lívia Viana: a engenheira civil Lívia Viana queria contribuir, de alguma forma, para a sociedade apoiando mulheres. Desse desejo, nasceu a iniciativa da Ela Faz. Na fundação, Lívia começou com a intermediação de serviços e mão de obra entre mulheres e, hoje, promove educação, capacitação profissional e inserção no mercado de trabalho. Ela abre caminho, oferece oportunidades e resgata mulheres de situações desfavoráveis por meio da autonomia que o empreendedorismo possibilita. 

Zica Assis: é uma empreendedora incentivada pela busca da liberdade e do crescimento. Aos 21 anos, iniciou na área de beleza e viu ali uma oportunidade para ir atrás de alternativas que lhe permitissem ser respeitada com o seu cabelo natural, traço da sua identidade. A sua trajetória é um exemplo de que ter persistência em um objetivo não é tempo perdido e que ter pessoas e instituições apoiadoras do seu sonho é essencial ao sucesso do empreendimento. Ela acredita que, quando uma mulher se realiza, irradia outras à sua volta e gera uma corrente de incentivo e inspiração para mais mulheres chegarem ao topo.

Gostou de saber mais sobre empreendedoras brasileiras que chegaram ao topo? Compartilhe este conteúdo com amigos e familiares.

Leia também: 

Mulher empreendedora: ela faz, e você também 

Como empreender? Dicas para começar um negócio 

O poder do empreendedorismo feminino ​

Comentários:

Seu e-mail não vai aparecer no comentário.

Carregando Comentários...