Todo mundo com filhos em idade escolar sabe que o começo de ano vem acompanhado de uma despesa extra: comprar a lista de materiais escolares. Como existem opções para vários gostos e diferentes faixas de preços, a busca pelo melhor custo-benefício nem sempre é tranquila.  

Para ajudar a encontrar as melhores oportunidades, o Blog BB elenca algumas ações que podem ajudar a poupar um bom dinheiro antes mesmo de as aulas começarem. 

.

1. Livros seminovos e troca entre alunos: economia e sustentabilidade

Dependendo da série a ser cursada no próximo ano, é bem provável que o seu filho precise de novos livros ou apostilas de estudo. Mas, a menos que passem por atualizações e revisões totais, boa parte dos livros pode ser aproveitada no ano seguinte. Cabe verificar se a edição precisa ser aquela ou pode ser uma anterior. 

Se tiver o sinal verde da escola, busque os sebos, as feiras de livros ou mesmo dentro da própria escola. Alunos do sétimo ano, por exemplo, têm os livros do sexto e, provavelmente, não terão interesse em continuar com os exemplares. Você pode até buscar apps ou grupos na internet que facilitem a troca ou venda desses títulos. Isso pode resultar em uma boa economia. Além do mais, reaproveitar materiais impressos é uma boa prática de sustentabilidade. 

.

2. Compras em grupo e por atacado

É muito provável conseguir bons descontos em redes atacadistas. As vendas em grande quantidade permitem melhores oportunidades. Aproveite a chance e acione pessoas da família ou organize grupos para realizar compras em conjunto. Ainda que a capacidade de personalização dos materiais seja reduzida, isso pode compensar na hora de pagar o preço final. 

Publicidade

.

3. Confira a lista com atenção

Essa dica pode parecer muito básica, mas antes mesmo de ir às compras você deve examinar muito bem a sua lista de materiais. Isso porque, muitas vezes, alguns itens básicos como lápis, canetas, apontador, borracha, mochila e estojo podem ter sobrado do último ano letivo. Assim, você não precisa comprar tudo de novo e reaproveita alguns itens.

Além disso, nem sempre é preciso comprar todo o material logo no começo do ano. Ao analisar a lista, é possível identificar o que pode esperar um pouquinho e então aproveitar as promoções que ocorrem após os primeiros meses do ano.

.

4. Formas de pagamento

Esta dica vale não apenas para materiais escolares, mas para qualquer item de compra de varejo. Algumas lojas, físicas ou virtuais, podem oferecer desconto, dependendo da forma de pagamento escolhida. Muitas, aliás, já estão cobrando menos quando o valor é quitado via Pix. Confira sempre com os vendedores ou nos sites essa possibilidade. 

Aliás, vale lembrar que os pagamentos via Pix para compras online e em perfis de redes sociais já é uma realidade graças à integração da modalidade ao Open Banking. Você pode realizar a sua compra online sem precisar entrar no app do seu banco, com muito mais praticidade. O Blog BB já explicou um pouco dessa funcionalidade aqui

.

5. Cashback na Amazon.com.br

A modalidade de cashback é muito interessante neste momento de compras, pois você recebe parte do valor pago de diversas formas, como já falamos aqui.

E aqui vai uma dica bônus para clientes BB: é possível adquirir livros físicos e digitais, materiais de papelaria e escritório, malas e mochilas por meio do link Amazon.com.br, que está disponível no App BB. Até 4 de fevereiro, a Amazon oferecerá o retorno de 10% na compra de itens selecionados. Basta seguir os termos e as condições do programa para receber o cashback na sua conta. Além disso, os demais itens continuam com o cashback de 4%. O link de redirecionamento pode ser acessado pela Loja BB e também pelo ambiente Vantagens, disponível na tela inicial do App BB, ou pelo menu principal: Pontos e Vantagens > Vantagens BB > Cashback Amazon.com.br. Saiba mais aqui.

.

6. Buscadores de preços e perfis de desconto

Existem vários serviços de busca na internet que comparam o preço de determinados itens nas lojas online. Isso permite ver não apenas onde um determinado material escolar está mais barato, mas também o histórico de preço daquele produto. Outra dica é ficar de olho em perfis de redes sociais que oferecem cupons e compartilham ofertas encontradas por usuários. Só tome cuidado para não cair em golpes e sites não verificados (por via das dúvidas, use sempre um navegador seguro e uma solução de antivírus no dispositivo). 

.

O custo x benefício para o estudante 

Com todas as dicas acima, você pode economizar um bom dinheiro na hora de adquirir a lista de materiais, mas lembre-se de envolver os estudantes nessa missão. Além de estreitar os laços e ensinar alguns valores de educação financeira para os filhos, você pode ouvir o feedback sobre determinados itens que serão usados por eles.  

No fim das contas, não adianta só economizar se o material comprado gerar algum tipo de desconforto no processo de aprendizagem, que é a meta principal de todo o esforço de estudo. Converse com os seus filhos e troque visões a fim de chegarem, juntos, à melhor solução. 

E você? Tem mais alguma dica de compra da lista de materiais? Diga nos comentários e compartilhe essas recomendações com os seus amigos.  

Comentários:

Seu e-mail não vai aparecer no comentário.

Carregando Comentários...