Depois de passarmos os últimos 18 meses lidando com períodos de isolamento e com as incertezas trazidas pela pandemia de Covid-19, existe um desejo que se fortaleceu: viajar! 

Com o avanço da vacinação no Brasil e no mundo, e com maior clareza sobre protocolos de segurança e proteção individual, o setor de turismo vive uma retomada.

Já falamos por aqui sobre a segurança na hora de viajar e as orientações continuam em alta para garantir uma boa experiência. 

Com a chegada do verão no hemisfério sul, o momento é propício para se planejar uma saída e partir para um tão merecido – e esperado – descanso.

Slow tourism: ir com calma e segurança 

Sabe aquela viagem bate-e-volta com várias escalas e um roteiro cheio de pontos turísticos para ver, tirar foto e seguir para o próximo? 

O chamado slow tourism — ou turismo lento, em bom português — é o avesso disso. 

Claro que muita gente ainda anseia por viagens corridas, mas, com o contexto atual, essa modalidade de viagem desacelerada tem ganhado muita força entre os turistas. 

Isso porque a prática, que tem o nome emprestado do slow food, movimento de valorização da gastronomia e cultura criado nos anos 1980 na Itália, prega viagens com calma e segurança. 

Em outras palavras, isso significa menos deslocamento, mais conexão com o destino, a cultura e mais tempo para apreciar a paisagem, a natureza e os pratos típicos. 

Destino: Brasil 

Nosso País é maravilhoso. E em 2021, os brasileiros se planejaram para conhecer outros cantos do nosso território. 

Uma pesquisa realizada pela plataforma online de viagens Booking.com apontou que 81% dos turistas brasileiros veem as viagens nacionais como prioridade.

O litoral é o destino mais almejado para seis em cada 10 (62%) desses  viajantes. 

O menor tempo de deslocamento, a maior facilidade de comunicação, a possibilidade de viajar de carro ou ônibus e as ofertas vantajosas em pacotes turísticos são alguns dos motivos pelos quais é uma ótima ideia viajar pelo Brasil. 

Além disso, em resposta à pandemia, o Ministério do Turismo lançou o selo Turismo Responsável, um programa que estabelece boas práticas de higienização e cuidados sanitários para cada segmento do setor. 

Por tudo isso, elencamos cinco destinos brasileiros para te inspirar a viajar em 2022. Agora é só fazer as malas!

5 dicas de destinos para inspirar e viajar

1. Paraty/RJ

Paraty/RJ, foto. Banco do Brasil

Paraty, localizada na chamada Costa Verde do litoral do Rio de Janeiro, é um destino plural.

Reúne mar, centro histórico no estilo colonial, trilhas e cachoeiras.

A produção artesanal de cachaça e a culinária caiçara da região são destaques à parte e sem dúvida merecem ser provadas.

Durante todo o ano, a cidade acolhe uma programação cultural impressionante, com destaque para a Feira Internacional de Literatura de Paraty (FLIP) e para o Paraty em Foco, mostra de fotografia internacional.

2. Bonito/MS

Bonito/MS, foto. Banco do Brasil

Um dos principais destinos de ecoturismo do país, a cidade de Bonito, no Mato Grosso do Sul, é perfeita para a prática de esportes aquáticos e apreciação da natureza. 

Rios de águas cristalinas, grutas e piscinas são os locais que reúnem interessados em mergulho, snorkel, canoagem e caiaque, praticados em meio a diferentes espécies de peixes.

Uma dica: não deixe de fazer flutuação em rio (a linda Nascente Azul é um bom ponto de partida), você vai se impressionar com as exuberantes paisagens aquáticas. 

3. Bento  Gonçalves/RS

Bento  Gonçalves/RS, foto. Banco do Brasil

A capital do vinho e da uva merece uma visita!

Durante o verão, Bento Gonçalves, que fica a 130 km da capital do estado, Porto Alegre, oferece experiências únicas aos visitantes.

Isso porque é na estação mais quente que ocorre a vindima, e os turistas podem colher a própria uva, participar da pisa dessas frutas, no melhor estilo italiano, e até fazer um passeio no trem Maria Fumaça! 

Tomar um bom café colonial, fazer um farto piquenique nos parreirais e degustar um delicioso jantar harmonizado também são passeios imperdíveis. 


4. Galinhos/RN

Galinhos/RN, foto. Banco do Brasil

Um dos segredos mais bem guardados da região Nordeste, Galinhos, no Rio Grande do Norte, é uma península localizada a 150 km de Natal. 

Rodeada por dunas, manguezais, praias e uma simpática vila de pescadores, é um cenário lindo, com direito a um farol digno de filme.

Com acesso restrito — é preciso pegar uma balsa para acessar —, é uma ótima opção para fugir do agito do litoral nordestino no verão. 

5. Alter do Chão/PA

 Alter do Chão/PA, Foto. Banco do Brasil


Localizada a 37 km de Santarém (onde é possível chegar de avião), Alter do Chão fica na margem direita do Rio Tapajós, um afluente do rio Amazonas.

Não foi por acaso que o município ganhou a alcunha de Caribe Amazônico.

Entre os meses de agosto e dezembro, o vilarejo tem águas doces, quentes e em tons de azul-turquesa, emolduradas por areias branquinhas. 

Apreciar a culinária local de peixes de rio e frutas típicas como o açaí são indispensáveis, assim como uma visita à impressionante Floresta Nacional do Tapajós. 

Além dessas cinco maravilhas listadas aqui, o Brasil possui milhares de outras opções de lazer, destinos para todos os tipos de gosto e bolso.

E você, para onde deseja viajar? Conta aqui nos comentários.

Comentários:

Seu e-mail não vai aparecer no comentário.

Carregando Comentários...